CBShalom

Loading...

BEM-VINDO...BIEN VENIDO...WELCOME

Estamos iniciando nosso blog que pretendemos manter ativo, informativo, renovado e interativo com nossos amigos.
Será, sem dúvida, provocativo pelo seu teor de temáticas de abordagens sobre a espiritualidade no Reino de Deus.


Porém, sempre uma espiritualidade de valores transcendentais encarnados no quotidiano da vida. Jamais, ópio alienante da realidade tanto existencial como eterna, em Cristo Jesus.


Sejam todos bem-vindos ao nosso blog Caminho do Reino...

CBShalom Internacional

Loading...

Qual a diferenca entre religiao e reino de Deus?

Pesquisar este blog

Seguidores

quinta-feira, 3 de novembro de 2011


“E não é de admirar, porquanto o próprio Satanás se disfarça em anjo de luz. Não é muito, pois, que também os seus ministros se disfarcem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras.” (2Co 11.14-15)
Satanistas do mais alto nível estratégico frequentam e tornam-se membros de igrejas evangélicas ao redor do mundo. Eles são cuidadosamente treinados para se infiltrarem sutilmente, afim de destruírem as igrejas e ministérios cristãos bem sucedidos. O objetivo de Satanás é fazer com que cada igreja fique parecida à igreja de Laodicéia, descrita em Apocalipse 3.15-16.
Igrejas cheias de membros passivos que não se incomodam em estudar a Bíblia e que mesmo tendo forma de piedade, negam, entretanto, o poder de Deus... (2Tm 3:5), não são ameaça a Satanás. Os ataques satânicos virão de dentro das próprias igrejas, especialmente em épocas de prosperidade e avivamento. A Palavra de Deus nos adverte sobre isso em Atos 20.25-31, 2 Coríntios 11.13-15 e em Judas 4.
Vejamos em síntese, as oito áreas preferenciais de ataques satanistas na igreja, ensinados por Rebecca Brown no seu livro – Ele veio para libertar os cativos.

1. PROFISSÃO DE FÉ CRISTÃ
O satanista começa a infiltrar-se na Igreja fazendo uma "profissão de fé cristã". É preciso que ele finja ser salvo para ganhar a credibilidade junto à igreja. Nas igrejas que são feitos apelos, a pessoa vai à frente, normalmente até com lágrimas nos olhos, fingindo estar arrependida. Se a igreja for renovada ou pentecostal, em que é dada grande ênfase ao dom de línguas, o satanista falará em línguas. Isto não é problema, pois os demônios podem falar em línguas facilmente. É por isso que Deus dá importante ênfase na interpretação pública, como ensinado em 1 Coríntios 14.26-28.
Esta parece ser uma das áreas de maior confusão entre os cristãos. Os satanistas podem e fazem uso do nome de Jesus. Podem pregar e ensinar acerca d'Ele e usar o Seu nome nas orações, etc. A única coisa que não podem fazer é passar no teste de I João 4. Eles não podem olhar dentro de seus olhos e dizer: "Jesus Cristo que é Deus, que veio em carne, morreu na cruz e ao terceiro dia ressuscitou e agora está assentado à mão direita de Deus Pai; é o meu Senhor, Salvador e Mestre”. Ah! Mas eles podem dizer "Jesus salva-me". Contudo, de qual Jesus estarão falando? O próprio Jesus falou que muitos viriam no nome d'Ele. Eles também conseguem ler ou repetir uma confissão ou profissão de fé em Jesus Cristo. Eles lêem e estudam a Bíblia. Se perguntarem a eles, se Jesus Cristo que veio em carne é Salvador deles, poderão mentir e responder "sim". Porém, não podem, com a própria boca, fazer a declaração mencionada anteriormente.

2. CREDIBILIDADE JUNTO AOS IRMÃOS
O satanista adquire credibilidade junto às pessoas de igrejas de muitas maneiras. Depende da particularidade de cada igreja. São frequentadores assíduos e pode-se contar com eles para ajudar, servindo em quaisquer projetos, porque estão sempre dispostos. Não só consegue credibilidade desse modo, como também jeitosamente cria uma rede de relacionamentos amistosos com os membros da igreja. Aí, não se leva muito tempo para descobrir, quem está e quem não está verdadeiramente comprometido com Cristo.
O dinheiro é usado como uma grande arma por ele. Se a igreja for grande e rica, ele contribui regularmente e, gradualmente, aumenta a contribuição até se tornar um dos principais suportes financeiros. Nas igrejas pequenas em que os membros, em sua maioria, são pobres, ele não faz alarde com somas exorbitantes em dinheiro, mas gradual e cuidadosamente, aumenta as contribuições até que os programas da igreja se tornem dependentes de seu suporte financeiro. Naturalmente que a “Irmandade satanista” providencia o dinheiro que ele dá.

3. DESTRUIÇÃO DA BASE DE ORAÇÃO
Um dos mais simples e importantes alvos de um satanista é afastar a oração da prática dos membros da igreja. São tantos os textos bíblicos ensinando sobre o dever da oração que não listaremos aqui, apenas o “Orai sem cessar” (1Ts 5.17). Uma igreja forte é uma igreja que ora intensamente. A oração requer autodisciplina, propósito e hábito prazeroso. Infelizmente, a maioria dos cristãos gasta muito pouco tempo em oração. O satanista pode arrumar diversas formas sutis mas eficientes, para destruir a prática eficaz de oração da igreja.

4. DISSEMINANDO RUMORES MALDOSOS
Uma vez que a base da oração esteja destruída na vida dos membros da igreja, o satanista fica livre para fazer o que quiser. Uma das coisas mais fáceis a fazer é a indústria de rumores maldosos. A fofoca é uma das principais armas satânicas. Pouquíssimas pessoas são fortes o bastante para não passar adiante um comentário maldoso. O satanista pode facilmente, destruir a credibilidade de um pastor ou líder verdadeiro numa igreja, através de rumores e difamação. Insistimos com os líderes de igrejas a que sejam extremamente cautelosos. Você poderá ser facilmente incriminado, mesmo que não tenha feito algo inconveniente ou errado. Quem poderá prová-lo? Muitos ministérios e líderes foram destruídos por não vigiarem e discernirem tais ações. "Abstenhai-vos de toda a aparência do mal" (I Ts 5.22).

5. DISTORÇÃO DE DOUTRINAS BÍBLICAS
O satanista infiltrado sempre cobiça posição de liderança e ensino nas igrejas, podendo fazer tremendos estragos a partir do status conquistado. Não se engane. Na maioria das igrejas e ministérios prósperos, há um número considerável de líderes satanistas. A influência deles à medida que cresce, promove grandes estragos na obra de Deus, porque os cristãos são indolentes para o estudo e preparo prático sobre “guerra espiritual”. São três as áreas básicas sobre as quais os satanistas gostam de ensinar distorcendo as verdades da Palavra de Deus.
a) Sobre Oração - Eles fazem da oração um procedimento muito complicado. Ensinam que há inúmeros passos que um cristão deve tomar para certificar-se de que está em um relacionamento "correto" com Deus, antes de obter qualquer poder pela oração ou, até mesmo de ser ouvido pelo Senhor. Eles usam e torcem muitos versículos para legitimar seus falsos ensinos. Os membros leigos são desencorajados a orar porque a mesma é apresentada como um fardo e muito complexa.
b) Sobre Prosperidade - Uma das mais destrutivas doutrinas satânicas de hoje é sobre a riqueza. É uma maneira de evitar que as pessoas se disponham ao sofrimento para ajudar outro irmão, e também, desencorajar ao cristão de sofrer perseguição. Ensinam que todo cristão deveria ser rico o tempo todo e nunca sacrificar-se por ninguém, especialmente pela obra de Deus. Aquele que não for próspero, certamente, está falhando em alguma área da vida com Deus.
c) Sobre o amor - "Não se deve julgar a ninguém". Os satanistas protegem a si mesmos com este refrão e os cristãos passivos não querem "ficar no calcanhar de ninguém". Assim, os servos de Satanás não serão perturbados e nem suas vidas investigadas. Porém, quando são identificados na igreja e suas obras más desmascaradas, incutem ódio mortal no coração dos que foram “encantados” pelo seu feitiço contra quem os identificou!

6. QUEBRA DA ALIANÇA MATRIMONIAL
Satanás sabe que se ele for bem sucedido em quebrar da aliança familiar, a unidade da igreja será afetada, assim como toda a sociedade. Eles são especialistas e trabalham firme para separar casais bem-sucedidos e famílias felizes. Promovem e apoiam todo tipo de atividades para adolescentes, escolas e pré-escolas para as crianças. Desenvolvem programas separados para mulheres e para homens, da mesma forma procuram manter os pais em atividades, separados uns dos outros o máximo possível.
As crianças precisam participar dos cultos e das reuniões de oração, tanto quanto seus pais. Por toda a Bíblia, o princípio da aprendizagem junto aos pais é mostrado. Elas aprendem a respeitar a Deus e a Igreja quando participam atentamente aos cultos em família. Imediatamente após os programas liderados por satanistas, que são preparados para os jovens separando-os das principais reuniões da igreja, estes aprendem a perder o respeito pelo pastor e pela igreja. Eles não "são obrigados a sentar e ouvir o pastor porque este é tão cansativo e repetitivo!". Esta é a atitude que rapidamente aprendem a desenvolver. Os maridos e esposas são alvos especiais dos satanistas. Nos dias atuais em que o divórcio está "tão em moda", os casais precisam gastar tempo juntos para diálogo, amizade e fortalecimento da comunhão.

7. RESISTÊNCIA AO ENSINO SOBRE GUERRA ESPIRITUAL
Um dos maiores alvos de Satanás e seus servos é evitar qualquer ensino acerca de si mesmo ou sobre suas atividades destrutivas. Fica mais fácil camuflá-las, se as pessoas continuarem na ignorância. Aos satanistas é sempre ordenado prevenir qualquer ensinamento sobre guerra espiritual nas igrejas em que frequentam.
As desculpas são muitas, dizem que qualquer ensino sobre Satanás dá a glória para ele, tira a atenção das pessoas de Deus, faz com que elas se voltem mais para as coisas negativas, etc. A Palavra de Deus, no entanto, ensina muito a respeito do nosso inimigo e mostra que se formos ignorantes a respeito dele, com certeza, ele levará vantagem sobre nós.
Um simples encantamento de um satanista poderoso liberará um demônio a cada pessoa que frequenta a mesma igreja que ele. O propósito do demônio é manter guarda, e no instante em que alguém disser qualquer coisa sobre Satanás ele irradiará pensamentos para a mente da pessoa, a fim de que esta não ouça o que está sendo dito. Preste atenção: os membros que reclamarem dos ensinamentos a respeito de Satanás e suas táticas poderão, provavelmente estar sobre domínio e encantamento satânico.

8. BRUXARIA CONTRA MEMBROS E LÍDERES DE IGREJAS
Tanto pastores como líderes da igreja ou aqueles que estão empenhados numa batalha espiritual, sofrerão ataques de bruxaria. Serão tremendamente afligidos por toda a sorte de enfermidades, dificuldades na concentração, confusões, fadigas, dificuldades para orar, etc. Os líderes devem ser sustentados pela oração e intercessão profética dos membros da igreja. Uma vez que esta base não exista, os pastores e seus colaboradores passam a enfrentar estes ataques e em muitos casos podem ser vencidos. É por esta razão que o apóstolo Paulo sempre pedia, no final de suas cartas, as orações de seus irmãos na fé. O Incrível número de cristãos passivos, frios e "mortos espiritualmente" hoje nas igrejas, serve de testemunho para mostrar o sucesso das táticas cuidadosamente planejadas pelos satanistas contra o povo de Deus. Nossa oração é que todos os cristãos que receberem esta mensagem, busquem o Senhor em oração, recebam treinamento tático de como lutar e enfrentar tais ataques em suas próprias igrejas. Mas sobretudo, busquem andar debaixo da cobertura espiritual de seus líderes, sendo fiéis aos mesmos e sua igreja como ao próprio Cristo.

Belo Horizonte, MG
03 de Novembro 2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.