CBShalom

Loading...

BEM-VINDO...BIEN VENIDO...WELCOME

Estamos iniciando nosso blog que pretendemos manter ativo, informativo, renovado e interativo com nossos amigos.
Será, sem dúvida, provocativo pelo seu teor de temáticas de abordagens sobre a espiritualidade no Reino de Deus.


Porém, sempre uma espiritualidade de valores transcendentais encarnados no quotidiano da vida. Jamais, ópio alienante da realidade tanto existencial como eterna, em Cristo Jesus.


Sejam todos bem-vindos ao nosso blog Caminho do Reino...

CBShalom Internacional

Loading...

Qual a diferenca entre religiao e reino de Deus?

Pesquisar este blog

Seguidores

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

CONTENDAS

“Fazei todas as coisas sem murmurações nem contendas”. (Filipenses 2:14)

Contenda é sinônimo de luta, combate, briga ou disputa. Isso simplesmente não deveria acontecer no meio do povo de Deus, muito menos entre lideres da Igreja do Senhor Jesus Cristo. Mas pela época deste escrito do apóstolo Paulo, fica nítido que não é coisa nova. Contenda, portanto, não é novidade no meio do povo de Deus e pelos maus resultados que produz já deveríamos te-la eliminado do nosso meio. As contendas surgem por conta de egoísmo, sede de poder, valorização pessoal, busca de posição, choque de personalidade, agressividade, projeções ambiciosas, ma comunicação e sobretudo inveja.
As brigas e disputas acontecem de várias formas: indo desde o descaso, desprezo e desrespeito ao outro até o abuso emocional, agressividade com palavras, inclusive com contato físico. Geralmente a gritaria, as ofensas e as várias formas de pressão emocional, legítimas ou não, sobre as demais pessoas, alimentam como lenha no fogo a intensidade da contenda.
Talvez passe despercebido para alguns, mas Deus nunca estabeleceu distinção entre o santo e o secular, somente entre o santo e o profano: "E a meu povo ensinarão a distinguir entre o santo e o profano, e o farão discernir entre o impuro e o puro". (Ez 44:23). O Novo Testamento ensina claramente que todo o povo de Deus (incluindo os ministros e líderes!) somos, "raça eleita e sacerdócio real" (1 Pe 2:9). Somos Dele e para Ele, todos nós e o tempo todo. Isso significa que devemos excluir práticas e "obras da carne" que não pertencem a nossa nova natureza em Cristo, dentro e fora da Igreja.
Pratique na família com teu cônjuge e filhos, não cedendo ao stress e rotina do lar. Pratique isso com seu vizinho chato que ouve música muito alta. Pratique com o colega de trabalho (mesmo no ministério) que te provoca pegando teu 'calcanhar de Aquiles'. Pratique também naquela situação em que seus direitos são violados. Há outras formas de fazer seus direitos prevalecerem. "É em paz (shalom) que se semeia a justiça." Sem gritaria, sem agressão, sem necessidade de contenda. Não se resolve nada murmurando, maldizendo o outro ou perdendo a compostura. Por outro lado, é muito constrangedor brigar com alguém que revida com sorriso e constantemente oferece a outra face, ao invés de revidar. Que foge da contenda não por ser 'covarde' mas um 'pacificador do Reino'.
Não se trata de temperamento, mas de domínio e fruto do Espírito Santo sobre/em nossa vida. É natural contender. É sobrenatural vencer a tendência da contenda. "Os mansos herdarão a terra." (JESUS).

Oração:
“Senhor, eu quero ser a cada dia mais parecido com Teu Filho Jesus Cristo que foi manso e humilde. Transforma meu caráter e enche-me do Teu Espírito Santo para vencer minhas fraquezas.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.